Assine a newsletter e receba novidades por e-mail!

clique para se cadastrar

4 Dicas para sair do aluguel

Viver de aluguel é a opção de muitos brasileiros e sair dessa condição é o sonho desses muitos também. Principalmente se você se casou ou casará em breve, está se formando, ou quer investir em seu imóvel próprio. Para te ajudar a realizar este sonho, nós separamos 4 dias para sair do aluguel o mais rápido possível.

Confira:

1 – Considere as possibilidades de compra
Existem algumas possibilidades de compra de imóveis, principalmente nos casos dos apartamentos.
Você pode comprar diretamente com a construtora do imóvel, onde o valor do apartamento é menor. Geralmente, as construtoras começam a vender os apartamentos na fase de construção e é isso que faz deles serem mais baratos do que quando já estão acabados.

Outra opção de compra é o financiamento. Os tipos mais conhecidos são os bancários e os do programa Minha Casa Minha Vida. O último é uma grande oportunidade, já que facilita várias condições para a aquisição do imóvel.

Os feirões também são boas oportunidades para sair do aluguel. São divulgadas condições especiais e negociações exclusivas, em geral bem vantajosas. A dica é acompanhar o site e redes sociais da construtora do seu interesse para ficar por dentro das datas dos feirões.

2 – Comece a economizar agora
Independente de quando você quer comprar seu imóvel, seja no próximo ano ou daqui a dez, você deve começar a economizar agora. Quanto mais você tiver arrecadado, maior poderá ser a entrada do seu imóvel, o que diminui as prestações e o tempo de quitação do mesmo, no caso de um financiamento. Assim você poderá sair do aluguel em muito menos tempo do que imagina.

3 – Mantenha seu nome limpo
Mesmo que você consiga os recursos necessários para o financiamento, de nada adiantará se você possuir o nome manchado nos serviços de proteção ao crédito. Para garantir um investimento seguro e eficiente é preciso estar com o nome livre de qualquer pendência. Confira sua situação antes de dar entrada em qualquer negócio.

4 – Utilize incentivos do governo, se possível
Esta é uma boa dica para sair do aluguel: usar incentivos do governo, como o FGTS, costuma facilitar bastante o processo de compra. E ainda permite aumentar o valor da entrada, o que também diminui o valor e a quantidade de prestações. Mas é preciso bastante atenção e planejamento e pesquisar sobre as possibilidades para sair do aluguel.

Se você gostou das nossas dicas e quer saber mais sobre como sair do aluguel, acompanhe nosso site e nossas redes e fique por dentro de tudo sobre nossos empreendimentos.